fbpx

PSOL vai a Paris, participar do congresso do Parti De Gauche

PSOL vai a Paris, participar do congresso do Parti De Gauche

O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, vai a Paris neste final de semana participar do Congresso do Parti De Gauche, que acontecerá de sexta (29) a domingo (01). O partido foi convidado pelo parlamentar francês Jean-Luc Mélenchon (foto), principal liderança do partido irmão do PSOL na França, para participar dos três dias de debate.

Medeiros aproveitará a visita para debater com as lideranças do Parti De Gauche a conjuntura política brasileira e falar sobre a pré-candidatura de Guilherme Boulos e Sônia Guajajara à Presidência da República.

Líder, no parlamento francês, da frente França Insubmissa, Mélenchon concorreu às últimas eleições presidenciais na França em 2017, obtendo 19,58% dos votos no primeiro turno. Durante a campanha, fez o enfrentamento direto com as pautas defendidas pelo social democrata Emmanuel Macron e pela candidata de extrema-direita Marine Le Pen.

Para Juliano Medeiros, a ida ao congresso do Parti De Gauche será uma oportunidade de estreitar, ainda mais, a relação dos dois partidos, que têm em comum propostas que apontam saídas à esquerda para os seus respectivos países.

“Vamos conversar com os companheiros franceses sobre a situação crítica do Brasil, os desafios da esquerda nos dois países e, ao mesmo tempo, apresentar as bases da nossa candidatura à Presidência da República. Temos a expectativa de contar com uma manifestação pública de apoio do Mélenchon, que fez quase 20% dos votos nas últimas eleições presidenciais francesas, à candidatura de Boulos e Sônia”, explica Medeiros.

Ele ressalta, ainda, que o Parti De Guache é uma inspiração pro PSOL, uma vez que organiza uma frente política, no caso a França Insubmissa, muito semelhante ao que está sendo construído no Brasil em torno da candidatura de Guilherme Boulos.

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional

Assuntos Relacionados