fbpx

PSOL entra, no MP, com representação contra Marcelo Crivella

PSOL entra, no MP, com representação contra Marcelo Crivella

O PSOL protocolou no final da manhã desta segunda-feira (09) uma representação contra o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, no Ministério Público Estadual. No pedido, o deputado estadual Marcelo Freixo e os vereadores Tarcísio Motta, João Batista Babá, Renato Cinco, Renato Silva, Paulo Pinheiro e Leonel Brizola Neto pedem a apuração de um eventual crime de responsabilidade e improbidade administrativa por parte de Crivella. Na representação, o PSOL também pede o ressarcimento aos cofres públicos dos gastos com o encontro entre o prefeito e líderes evangélicos no Palácio da Cidade, realizado no último dia 5 de julho.

Para o PSOL, Crivella praticou ato de improbidade ao violar princípios da administração pública, cedendo espaço da prefeitura em benefício de pré-candidatos, em uma reunião com evidente propósito de propaganda eleitoral. Além disso, associou ao momento, o oferecimento de vantagem pessoal aos presentes, como cirurgias de catarata, vasectomia e varizes, violando inclusive regulamento do SISREG – sistema que regula a oferta de vagas no serviço de saúde pública. O prefeito também prometeu aos aliados a facilitação do processo de isenção de IPTU para igreja, mais uma vez rompendo com a parcialidade e a legalidade.

Na representação, o partido alega que Crivella se utilizou de bens e serviços da prefeitura, em proveito próprio e assim, agiu de modo inadequado com a função e cargo que ocupa, configurando claro crime de responsabilidade.

Confira, abaixo, o momento em que os parlamentares protocolaram a representação.

Posted by Tarcísio Motta on Monday, July 9, 2018

Fonte: PSOL Carioca

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional

Assuntos Relacionados