fbpx

Não seremos interrompidas: seminário convoca lutas pela vida das mulheres

Não seremos interrompidas: seminário convoca lutas pela vida das mulheres

Reunidas no seminário Não seremos interrompidas: Marielle Vive!, no Rio de Janeiro, as mulheres do PSOL convocaram uma jornada de lutas trazendo à tona diversas pautas do movimento feminista, como a legalização do aborto e o enfrentamento à bancada conservadora do Congresso Nacional.

O seminário ocorreu no último fim de semana (15 e 16) e contou com a presença de dezenas de mulheres de todas as regiões do país e a pré-candidata a co-presidenta pelo PSOL, Sonia Guajajara.

A principal resolução do encontro cita as recentes vitórias feministas em países como a Irlanda, Chile e a Argentina, afirmando que “o debate sobre a legalização do aborto voltou a ordem do dia e se choca frontalmente com setores conservadores que reagem e disputam conosco a consciência e a opinião pública”.

O texto também traz a recente convocação pelo STF de audiência pública para debater a ADPF 442/17, de autoria do PSOL e da Anis – Instituto de Bioética, que pede a descriminalização do aborto até a 12ª semana de gravidez. A audiência vai ocorrer em agosto.

Clique aqui e leia, na íntegra, a Resolução pela vida das mulheres

O encontro também aprovou uma moção de apoio à militante feminista e filiada ao PSOL Débora Anhaia Campos, de Londrina/PR, perseguida por setores da direita conservadora por defender os direitos reprodutivos das mulheres e os direitos civis da população LGBTI. Clique aqui e leia a moção completa.

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional

Assuntos Relacionados