José Carlos Miranda | Paquistão Urgente: Líder Socialista ameaçado pelo Talibã

José Carlos Miranda | Paquistão Urgente: Líder Socialista ameaçado pelo Talibã

No domingo passado, o líder do Pastun Tahafuz Movement – PTM¹ Ali Wazir, a caminho de sua casa em Wana, Wazirstão do Sul², para receber uma multidão que o visitaria. Neste momento ativistas do grupo denominado “bons talibãs” e o chamado comitê pelo estabelecimento da paz atacaram sua casa e um posto de gasolina vizinho.

De acordo com Manzoor Pashteen³, também liderança do PTM, a multidão reagiu atacando pedras contra os talibãs armados. Eles voltaram mais tarde com guerreiros do talibã, soldados e seguranças das fronteiras e abriram fogo indiscriminadamente contra a multidão deixando dezenas de feridos e 8 mortos.

Após esta chacina o exército impôs toque de recolher na região. Uma “Jirca” local (Nota do editor: Jirca é uma reunião tradicional da região de organização tribal de anciões ou conselho de anciões da sociedade que é uma instituição muito respeitada) para discutir a situação. A Jirca decidiu que nenhum membro do Comitê de Paz entraria na cidade agora. O Talibã rejeitou a decisão e começou a se agrupar fora da casa de Ali com armados com armas automáticas de última geração. Eles ameaçam Ali para que pare seu apoio ao PTM.

Centenas de pessoas estão na casa de Ali, protegendo-o do Talibã e das forças de segurança.

Quem é Ali Wazir?
(ver mais neste link em inglês: https://thediplomat.com/2018/04/what-does-the-pashtun-tahafuz-movement-want/)

Ali é um ativista político de esquerda de Wana, Wazirstão do Sul e obteve 8.750 votos nas últimas eleições gerais, perdeu para o candidato de direita apoiado pelo governo PML-N por apenas 150 votos. A juventude e as pessoas comuns da região acreditam firmemente que ele só “perdeu” a eleição devido a sua ideologia socialista.

Neste momento denunciamos esta situação de barbárie contra os mais elementares direitos humanos. Exigimos que o governo corte imediatamente seu apoio ao talibã, denunciamos o uso de terroristas contra o camarada Ali Wazir. Exigimos o fim imediato do cerco a casa de Ali Wazir.

#SaveAliWazir

#HandsOffAliWazir

 Notas:

1 O PTM (Pashtoon Tahafuz Movement – Movimento de Proteção Pachtun) é um movimento social pelos direitos humanos Pachtun, com base nas Areas Tribais Federalmente Administradas (FATA), KPK e Baluquistão, Paquistão. O movimento começou originalmente em 2014 como uma iniciativa para remover minas terrestres no Waziristão, afetadas pelas guerras no noroeste do Paquistão. E ganhou notoriedade em janeiro de 2018 quando iniciou um movimento de justiça para Naqeebullah Mehsud , que foi morto durante uma “batida” policial em Karachi no mesmo mês. O PTM tem ganhado apoio em todo território do Paquistão reunindo dezenas milhares em seus comícios.

2 Wana, Wazirstão do Sul é uma região montanhosa do noroeste do Paquistão na fronteira com o Afeganistão. Faz parte da FATA, Território Federal das Áreas Tribais, região considerada como fora das quatro províncias país.

3 Manzoor Pashteen é o principal líder do PTM com proeminência internacional

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional

Assuntos Relacionados