Juventude com Boulos em Florianópolis

 

Estamos assistindo a retrocessos e ataques inéditos desde o final do regime militar. É preciso olhar essa realidade de frente. “Precisamos reconhecer não apenas a gravidade do momento, mas a responsabilidade que se impõe a uma geração inteira”, afirma a presidenta do PSOL de Santa Catarina, Miriam Matos, lembrando que “essa responsabilidade está colocada para a juventude”.

Não são poucos desafios a serem enfrentados pela juventude no Brasil. O país tem registrada uma taxa de 30% de desemprego entre os jovens de 14 a 24 anos; a 7° maior taxa de homicídio entre os jovens no mundo; a guerra às drogas que extermina principalmente a juventude negra e pobre; a falta de políticas de permanência e sucateamento das Universidades Públicas.

Miriam explica, ainda, que para o PSOL não está em jogo apenas um projeto para a próxima eleição, mas para a próxima geração. “E a juventude deve ser protagonista desse projeto”, defende. De acordo com ela, resistir à escalada autoritária não é o suficiente. “É preciso defender um projeto que avance sem medo em direção a uma democracia que vá muito além do voto”.

A presidenta do partido convida a juventude a dialogar e construir com Guilherme Boulos, o pré-candidato a Presidente mais jovem da história no Brasil, um projeto que coloque o dedo na ferida dos problemas que mais afetam e oprimem jovens e o povo brasileiro em geral. Vamos, sem medo de mudar o Brasil!

O encontro de Boulos com a juventude será no próximo dia 17, terça-feira, às 15h30min, na Escadaria do Rosário, em Florianópolis. Em caso de chuva, o evento será realizado na sede do PSOL, à  Rua Pedro Soares, 64 – Escadaria da Ubro.

 

#MariellePresente!

Mais

Camasão e Bellaguarda lançam pré-candidatura em Joinville

  “A máfia da velha política, que tanto maltrata nosso estado e nosso país, quer …