PSOL-SC realiza seminário sobre Economia em Joinville neste sábado

O Partido Socialismo e Liberdade de Santa Catarina (PSOL-SC) realiza, neste sábado (28), o Seminário de Economia. A atividade é uma das seis promovidas pelo partido em todas as regiões do estado e tem, entre os objetivos, a construção do programa para as eleições de outubro. O evento começa às 14 horas, no auditório do Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville (Sinsej).

Entre os participantes confirmados está o pré-candidato da sigla ao governo de Santa Catarina, Leonel Camasão, que concorreu à prefeitura de Joinville em 2012. “O que a gente vê hoje no Brasil e em Santa Catarina é que o governo está a serviço dos interesses econômicos. A nossa proposta é fazer a inversão: a economia tem que estar a serviço da maioria da população”, diz Camasão.
O seminário vai contar com especialistas que vão trazer propostas concretas para um programa popular que amplie a distribuição de renda, combata as desigualdades sociais e tenha como prioridade os interesses dos trabalhadores do campo e da cidade, assim como de minorias políticas.

O economista Nildo Ouriques, que disputou a indicação do partido para concorrer à presidência, também é um dos nomes confirmados no evento joinvilense. Doutor em Economia e professor na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Ouriques é autor de livros e presidente do Instituto de Estudos Latino-americanos.

Com o objetivo de discutir diferentes aspectos da economia catarinense, o evento também vai contar com a presença de Lucídio Ravanello, dirigente nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e presidente da Cooperativa Regional de Industrialização e Comercialização Dolcimar Luiz Brunetto (Cooperdotchi), de Rio Negrinho.

Também estará em pauta a Economia Solidária. O assunto será abordado por Fabiana da Siva Oliani e Rosangela Giuntini, que fazem parte do movimento e vão discutir o papel das cooperativas na economia catarinense.

O economista João Luis Bertoli, professor da Ielusc e também coordenador do Núcleo da Auditoria Cidadã da Dívida de Joinville, também compõe a mesa.

Além dos convidados, o PSOL quer ouvir e receber contribuições de lideranças, movimentos sociais, intelectuais, organizações, entre outros, para formular um programa alternativo e popular para Santa Catarina. O evento é aberto ao público e todas as pessoas podem fazer suas contribuições, pessoalmente ou por escrito, durante o evento.

O primeiro seminário, com o tema Territórios, ocorreu em Florianópolis. Os próximos vão ocorrer em Blumenau (26 de maio), Chapecó (23 de junho), Rio do Sul (28 de julho) e Araranguá (11 de agosto). Para acompanhar todas as atividades do partido, siga a página do PSOL-SC.

Saiba mais e confirme presença no evento (https://www.facebook.com/events/2057691880938289/).

Mais

PSOL Joinville prioriza trabalho de núcleos em 2017

Foi realizada neste domingo (12) a primeira plenária do PSOL Joinville em 2017. O encontro …