PSOL Florianópolis repudia ação truculenta das forças de segurança

 

O Diretório Municipal do PSOL repudia com veemência a ação truculenta das forças de segurança neste sábado (21), na Câmara de Florianópolis. Durante a votação do projeto de terceirizações via OSs, Servidores, sindicalistas, assessores e jornalistas foram covardemente atacados com gás de pimenta em um recinto fechado e trancado, de baixa ventilação. Do lado de fora, bombas de gás lacrimogêneo foram disparadas contra uma manifestação pacífica, com fins estritamente políticos.

O PSOL manifesta sua solidariedade a todos os atingidos, aos servidores municipais e ao Sintrasem, e reafirma sua disposição de luta e seu compromisso com a pauta dos servidores.

Em todo o Brasil, OSs são investigadas por envolvimento com corrupção, Caixa 2, direcionamento de compras e serviços de baixa qualidade. Este modelo não serve para gerir a saúde, a educação e os demais serviços públicos. Lutaremos até fim contra o projeto, apresentado sem nenhum debate e com milionária campanha publicitária para tentar garantir apoio.

Gean, não tem arrego!

 

Diretório Municipal do PSOL

Mais

Gean Loureiro vai manter nomeação de político condenado por improbidade

A Prefeitura de Florianópolis informou que manterá a nomeação de Sílvio Odair de Souza como …