Bancada do PSOL se solidariza com a comunidade universitária da Unila

Bancada do PSOL se solidariza com a comunidade universitária da Unila

Confira, abaixo, a nota da bancada do PSOL na Câmara, sobre a medida provisória que acaba com a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), com sede no Paraná.

A bancada do PSOL na Câmara rejeita a Emenda Aditiva à Medida Provisória nº 785/2017, de autoria do Deputado Federal Sérgio Souza (PMDB/PR), que tem por objetivo a extinção da Unila – Universidade Federal da Integração Latino-Americana. A emenda propõe a criação de uma nova universidade, com a inclusão de dois campi da UFPR, o de Palotina e Toledo. Na prática, essa emenda significa não só a mudança de nome, mas o fim do projeto e da proposta da Unila. O ataque à Unila se insere em um contexto mais amplo: de desmonte da educação pública superior. 

Como afirma manifesto escrito pelos estudantes da universidade, “a Unila tem como missão institucional formar quadros para contribuir com a integração latino-americana e caribenha, com o desenvolvimento e com intercâmbio cultural, científico e educacional da Região. Para alcançar esse objetivo, traz uma concepção inovadora, de universidade diversa, interdisciplinar, bilíngue e internacionalista. Hoje, através dessa proposta de extinção, a instituição sofre o mais duro golpe contra sua integridade e contra sua identidade”.

Vale destacar que essa emenda foi incluída sorrateiramente em uma MP que trata de tema inteiramente distinto: alterações no Fies, programa de crédito estudantil que repassa dinheiro para faculdades privadas. Em defesa da Unila, o PSOL lutará contra a emenda contrabandeada.

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional