Plataforma pressiona deputados para que aprovem investigação contra Temer

Plataforma pressiona deputados para que aprovem investigação contra Temer

Uma plataforma foi lançada nesta segunda-feira (10/07) para pressionar os deputados a votarem pela abertura das investigações contra Michel Temer. O site 342Agora é uma iniciativa inovadora, surgida a partir de diversos encontros entre artistas e intelectuais, que se uniram para pedir que o presidente ilegítimo seja cassado. O número 342 se refere à quantidade de votos necessários para que Temer seja investigado. “É uma ação suprapartidária, usando o poder da comunicação coletiva e das redes para gerar pressão nos deputados a favor da investigação do governo. Dos 513 deputados que participarão da votação, precisaremos de, no mínimo, 342 votos para que a denúncia seja aceita e Michel Temer afastado do cargo”, afirmam os idealizadores.

Ontem, o deputado Sérgio Zveiter (PMDB/RJ) apresentou, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, o relatório sobre a investigação de Temer pelo STF e recomendou o prosseguimento da denúncia. Os deputados vão decidir se autorizam o Supremo a investigar formalmente o presidente da República, a partir da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) de corrupção passiva no caso delatado pelo empresário da JBS, Joesley Batista.

Segundo o placar feito pela plataforma, atualmente 183 deputados já declararam a favor da denúncia, e 130 são contra. Já 200 deputados disseram ainda estar indecisos. Para participar da pressão, é só clicar nas opções e enviar o email, que cairá diretamente na caixa de cada um dos deputados. A plataforma também permite enviar e mensagem através de suas contas no Twitter, Facebook, Instagram e quaisquer outras redes sociais nas quais os parlamentares estejam presentes.

No site, o internauta também pode ver como cada deputado já está se posicionando. É possível, ainda, fazer a pesquisa por estado. Veja como exemplo a posição do líder do PSOL na Câmara, deputado Glauber Braga.

No caso dos deputados que, como Glauber e toda a bancada do PSOL, já se declararam a favor da investigação, a mensagem será em apoio à sua posição.

Participe dessa campanha. Envie emails, mande mensagem pelo Facebook, Twitter e Instagram e compartilhe nas redes, usando a hashtag #342Agora.

Confira, abaixo, um vídeo elaborado por artistas e intelectuais, como parte da campanha.

342 Agora

342 PARA TEMER SER JULGADOMesmo com tantos crimes evidentes, Michel Temer continua presidente do Brasil. Se nós não fizermos barulho, ele não será nem julgado. Chegou a hora da pressão!

Posted by Mídia Ninja on Monday, July 10, 2017

 

Sobre o autor

Foto de perfil de PSOL Nacional

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional