Nova pesquisa revela que maioria rejeita reformas da Previdência e trabalhista

Nova pesquisa revela que maioria rejeita reformas da Previdência e trabalhista

Pesquisa realizada pelo DataPoder360 aponta que 66% dos entrevistados rejeitam a proposta de reforma da Previdência em tramitação no Congresso Nacional. Ainda segundo o levantamento, realizado nos dias 7 e 8 de maio, apenas 20% dos entrevistados se dizem favoráveis às mudanças nas regras de aposentadoria de trabalhadores do setor privado e de servidores públicos. A pesquisa foi realizada com 2.157 brasileiros e brasileiras acima de 16 anos de idade, em 243 municípios.

Ao que tudo indica, toda a publicidade paga pelo governo de Michel Temer não está sendo suficiente para convencer a população sobre as mudanças. O resultado positivo, de 20% de favoráveis, é menor do que o publicado pelo Poder360 em abril, quando 24% responderam ser a favor da PEC 287/2016. A reforma trabalhista é reprovada por 62% dos entrevistados.

A rejeição às reformas é maior entre jovens e adultos até 50 anos. Os entrevistados com 60 anos ou mais são os que mais apoiam as propostas do governo. Segundo o DataPoder360, 33% desse grupo defende as mudanças no sistema previdenciário. As alterações nas leis trabalhistas são aprovadas por 26%.

Já os trabalhadores na faixa dos 25 anos e dos 44 anos são os que se mostram mais contrários a mudanças na aposentadoria e nas regras de contratação de trabalhadores. Em ambos os casos, 72% reprovam essas duas reformas.

Perguntados sobre a possibilidade de aderirem a uma greve ou protestos, caso as reformas fossem aprovadas, 41% disseram que sim. Entre os mais jovens (de 16 a 24 anos), a intenção de aderir a esses atos é de 55%.

Fonte: Poder 360

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional