Campanha pela redução da desigualdade social é lançada e mira na injustiça tributária

Campanha pela redução da desigualdade social é lançada e mira na injustiça tributária

Foi lançada nesta quinta-feira (11/05), na Câmara dos Deputados, a Campanha pela Redução da Desigualdade Social, uma iniciativa do Fórum Nacional pela Redução da Desigualdade, que reúne 26 entidades nacionais e regionais para debater o tema.

A campanha está estruturada em cinco eixos:

  • Mudar o modelo tributário;
  • Preservar e ampliar os direitos sociais;
  • Preservar e ampliar Políticas Públicas de valorização do trabalho e de educação;
  • Reforçar a função social do Estado;
  • Ampliar a democracia e a participação social.

No manifesto que guia a campanha, o grupo afirma: “o Brasil persiste como um dos países de maior desigualdade social no mundo: os seis maiores bilionários brasileiros possuem riqueza equivalente à metade mais pobre da população brasileira”.

As entidades pautam que o modelo brasileiro vai de encontro aos princípios registrados na própria Constituição do país, de 1988, que prevê os sistemas de seguridade social e de educação pública “que assegurassem os direitos sociais e as condições para o desenvolvimento socialmente equilibrado. Esses objetivos, naturalmente, demandam recursos públicos que sejam compatíveis”.

Acesse o site da campanha clicando aqui.

O modelo tributário em vigor no país é um descalabro: 72% de sua arrecadação vem de tributação sobre o consumo e a renda do trabalho, enquanto apenas 28% vem da tributação sobre capital e riqueza. Veja o gráfico abaixo, que mostra a diferença do caso brasileiro com os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE):

A própria receita federal admitiu a brutal desigualdade entre a tributação sobre a riqueza e a sobre o trabalho. Segundo o jornal Valor Econômico, Isso se manifesta mesmo no alto da pirâmide social do Brasil: enquanto os super-ricos (renda média mensal de R$135 mil) representam 9% do Imposto de Renda, os ricos (renda média mensal de R$34 mil) pagam 12,4% do tributo. Leia mais clicando aqui.

Os deputados federais do PSOL participaram  do lançamento, na manhã desta quinta, e criticaram duramente o modelo de tributação brasileiro, que prefere garantir o pagamento indiscriminado de juros da dívida pública a garantir a justiça social. Clique aqui para ver as fotos do lançamento.

Assista à participação dos deputados do PSOL

Chico Alencar:

Lançamento da Campanha pela Redução da Desigualdade Social no Brasil

Posted by Chico Alencar on Thursday, May 11, 2017

.

Ivan Valente:

Campanha pela Redução da Desigualdade Social no Brasil

Desigualdade: isso é da sua conta!Falamos hoje diretamente do lançamento da Campanha pela Redução da Desigualdade Social no Brasil, criada e gerida por diversas entidades comprometidas com a justiça social e um mundo melhor. Saiba mais em http://cofecon.org.br/campanha-reducao/index.html

Posted by Ivan Valente on Thursday, May 11, 2017

.

Edmilson Rodrigues:

Campanha pela redução da desigualdade social

Posted by Edmilson Rodrigues on Thursday, May 11, 2017

.

Glauber Braga:

Encontro pela redução da desigualdade…

Posted by Glauber Braga on Thursday, May 11, 2017

 

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional