Deputados do PSOL representam contra Bolsonaro por discurso de ódio no Clube da Hebraica (RJ)

Deputados do PSOL representam contra Bolsonaro por discurso de ódio no Clube da Hebraica (RJ)
Crédito da foto: Antônio Cruz / Agência Brasil

Os deputados federais do PSOL Jean Wyllys, Chico Alencar e Glauber Braga apresentaram representação na Corregedoria da Câmara contra Jair Bolsonaro (PSC/RJ) por seu discurso de ódio racista proferido no Clube da Hebraica no dia 3 de abril.

Na ocasião, o deputado, conhecido por suas posições altamente machistas, racistas e homofóbicas, afirmou que moradores de comunidade quilombola que visitou “não fazem nada, eu acho que nem pra procriar servem mais” e que “o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas”.

Não parou por aí e também atacou refugiados, a comunidade LGBT, integrantes de ONGs e mulheres. Em uma das partes do “discurso”, disse que sua única filha foi fruto de fraqueza. “Eu tenho cinco filhos. Foram quatro homens, aí no quinto eu dei uma fraquejada e veio uma mulher”.

Por essas declarações, o deputado foi processado pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro. Além disso, é réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por apologia ao estupro e alvo de processo no Conselho de Ética por defender abertamente a tortura.

Leia na íntegra a representação dos deputados do PSOL:

DEPUTADOS DO PSOL REPRESENTAM CONTRA BOLSONARO POR DISCURSO DE ÓDIO NO CLUBE DA HEBRAICA (RJ) Os deputados Jean…

Posted by PSOL na Câmara on Wednesday, May 10, 2017

Sobre o autor

Foto de perfil de PSOL Nacional

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional