Luciana Genro rejeitou pedido da Odebrecht de interferência em favor de subsidiária

Luciana Genro rejeitou pedido da Odebrecht de interferência em favor de subsidiária

A ex-deputada federal Luciana Genro apresentou neste sábado (15/04), em transmissão ao vivo pelo Facebook, e-mails onde ela rejeitou pedido da Odebrecht para que interferisse a favor dos interesses da empresa no Rio Grande do Sul. Nos documentos, o ex-executivo da companhia, Alexandrino de Alencar, reclama que o “pessoal da DS” atrapalha a atuação da Foz do Brasil (uma subsidiária do grupo) no Rio Grande do Sul durante o governo de Tarso Genro (PT), pai de Luciana.

“Alexandrino, sei que sabes, mas nunca é demais repetir, que não trato destes assuntos com meu pai, e se tratasse, meu posicionamento político não seria favorável aos interesses da Odebrecht”, respondeu Luciana. A ex-deputada apresentou os e-mails, de 2013, depois que outro ex-executivo da Odebrecht, Pedro Novis, disse em delação premiada no âmbito da operação Lava-Jato que “ouviu falar” que ela teria recebido doação eleitoral via Caixa 2.
Assista o vídeo completo.

Assista:

Luciana Genro fala sobre o que Pedro Novis "ouviu falar"–LEIA MAIS: Luciana Genro rejeita pedido da Odebrecht para que interferisse a favor dos interesses da empresa no RShttps://lucianagenro.com.br/2017/04/luciana-genro-rejeita-pedido-da-odebrecht-para-que-interferisse-a-favor-dos-interesses-da-empresa-no-rs/

Posted by Luciana Genro on Saturday, April 15, 2017

Sobre o autor

Foto de perfil de PSOL Nacional

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional