Ivan Valente exige informações sobre capitão infiltrado em movimentos sociais

Ivan Valente exige informações sobre capitão infiltrado em movimentos sociais

O deputado federal Ivan Valente, líder da bancada do PSOL na Câmara, entrou com um requerimento de informação exigindo do Ministério da Defesa informações sobre a infiltração de agentes em movimentos sociais e, em especial, sobre o caso do capitão Willian Pina Botelho – ou “Balta Nunes”, como era conhecido nos grupos em que infiltrava.

Uma das principais motivações do requerimento foi a reportagem lançada nesta terça-feira (13), no portal da Mídia NINJA, mostrando que o agente estava infiltrado entre os movimentos da Frente Povo Sem Medo, como o MTST, a Intersindical, CUT e UNE. Clique aqui para ler a reportagem.

“Balta” foi desmascarado na última semana, quando o El País Brasil e o canal Ponte Jornalismo mostraram que ele, agente infiltrado, foi determinante para a prisão sem motivos de cerca de 20 jovens antes mesmo de a manifestação do dia 4 de setembro, em São Paulo, começar.

O requerimento apresentado pelo deputado questiona o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, sobre diversas informações que vêm sendo divulgadas nos últimos dias, como: o órgão confirma que Botelho era um agente infiltrado pelo Exército? As Forças Armadas monitoram, utilizando o método da infiltração de agentes, movimentos como os da Frente Povo Sem Medo? Existe uma parceria entre a Polícia Militar paulista e o Exército para os monitoramentos?

O requerimento foi apresentado à Mesa-Diretora da Câmara, que irá encaminhá-lo ao ministro Jungmann – ele terá o prazo de até 30 dias para responder. Segundo a Constituição Federal (artigo 50, parágrafo 2º), a recusa em prestar as informações, o não atendimento no prazo estabelecido ou a divulgação de informações falsas importa o ministro em crime de responsabilidade.

Leia abaixo as perguntas e clique aqui para ter acesso ao inteiro teor do requerimento.

requerimentoivan-1

requerimentoivan-2

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional