Presidente do PSOL chama unidade da esquerda em ato no 1º de Maio

Presidente do PSOL chama unidade da esquerda em ato no 1º de Maio
Crédito da foto: Rafael Lavanère

O presidente nacional do PSOL, Luiz Araújo, falou durante o ato do 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador, organizado pelas frentes Povo Sem Medo – da qual o PSOL faz parte – e Brasil Popular, em Brasília. Em sua fala, Luiz denunciou o golpe institucional em curso, com a farsa do impeachment, reafirmou a posição do partido contra as políticas que ameaçam direitos dos trabalhadores e a sua atuação como oposição de esquerda ao governo Dilma, e considerou fundamental a unidade de toda a esquerda para barrar e ofensiva da direita.

Confira abaixo.

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional