TSE aprova contas do PSOL referentes a 2010

TSE aprova contas do PSOL referentes a 2010
Crédito da foto: Rafael Lavenère

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, em julgamento no último dia 14 de abril, as contas do PSOL referentes a 2010, ano em que ocorreram eleições presidenciais. A decisão foi após o partido ter apresentado dados que comprovam ser uma legenda transparente com seus gastos e comprometido com os recursos públicos, fazendo jus à sua atuação como partido de esquerda programático e ideológico.

A relatora do processo, ministra Maria Thereza de Assis Moura, deve publicar o acórdão nos próximos dias, com a informação sobre a aprovação das contas do partido. Na avaliação do advogado André Maimoni, que acompanhou o julgamento das contas de 2010, o julgamento do plenário do TSE significa uma importante decisão para o partido.

Vale lembrar que o PSOL, que não recebe dinheiro de grandes empresas, de empreiteiras, de bancos, do agronegócio e dos donos dos meios de comunicação, é contra o financiamento empresarial de campanha e também é o único partido com representação na Câmara que não foi citado por ter recebido dinheiro de empresas investigadas pela Operação Lava Jato. O financiamento de suas campanhas é todo feito a partir da ajuda de militantes e de apoiadores, conscientes da independência do partido.

 

 

Sobre o autor

Foto de perfil de PSOL Nacional

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional