“O PSOL não quer cargo no governo e nem emenda. O PSOL quer democracia”

“O PSOL não quer cargo no governo e nem emenda. O PSOL quer democracia”
Crédito da foto: Câmara dos Deputados

O líder da bancada do PSOL, Ivan Valente (SP), durante a reunião da comissão especial que analisou o pedido de impeachment contra a presidente Dilma, alertou que os deputados que defendem o impeachment como argumento para o fim da corrupção são os mesmos que apontam como saída para o país o nome de Michel Temer. Um vice-presidente sem legitimidade já que aparece com 1% nas pesquisas de intenção de voto e que tem em seu partido diversos membros investigados pela Operação Lava Jato. Ivan questiona se é com nomes como Renan Calheiros e Eduardo Cunha que eles pretendem construir a democracia no país.

Leia sobre a posição do PSOL na votação da comissão especial: PSOL vota contra parecer que pede afastamento da presidente da República

Confira a sua fala no vídeo abaixo.

Sobre o autor

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional