Notícias do I Encontro Inter-Núcleos de Mulheres do PSOL-PR

Neste fim de semana, 26 e 27/06, realizou-se em Curitiba o I Encontro Inter-Núcleos de Mulheres e Relações de Gênero do PSOL-PR, reunindo militantes de Curitiba, São José dos Pinhais, Araucária, Almirante Tamandaré, Londrina, Maringá e Ponta Grossa, além da contribuição de companheiras do partido de São Paulo e o Rio Grande do Sul, aglutinando cerca de 50 participantes.
O encontro foi uma continuação dos debates ocorridos no I Seminário de Mulher e Políticas Públicas, ocorrido no dia 07 de março em Londrina. Teve o objetivo de contribuir com a organização da pauta feminista no partido, relacionando a luta das mulheres com diversos temas como: saúde, trabalho, mídia e movimentos sociais.
No primeiro dia, aconteceram mesas temáticas que trouxeram o acúmulo de cada pauta específica abordada e possibilitaram uma discussão visando um profundamento maior para as participantes e sugestão de encaminhamentos para a pauta do PSOL. Na parte da manhã, aconteceram duas mesas, uma sobre “Saúde Reprodutiva e Mortalidade Materna”, com as contribuições de Jackeline Aristides, enfermeira e presidente do PSOL-Londrina e Carmen Ribeiro, militante do movimento feminista e do PSOL-RS; a segunda mesa teve como tema “Mulheres no Mundo do Trabalho”, contando com a participação de militantes da cidade, como Carla Cobalchini, diretora da FASUBRA-Sindical, e do campo, como a dona Genecilda, do MST de Ponta Grossa e Giuliana Iarrocheski, secretária de mulheres do PSOL-PR e militante da CPT.
Na parte da tarde, aconteceram mais debates. O primeiro foi sobre “Mulheres nos Movimentos Sociais“, com Dirléia Matias, professora e militante do movimento negro, com as companheiras Claudia e Josi, do movimento popular do Jd. Itaqui (S. José dos Pinhais) e pré-candidatas a deputada estadual e federal e com Sara Santos e Renata Moraes, que falaram sobre a participação no movimento estudantil. E, para finalizar, debateu-se “A Mercantilização do Corpo e Violência” com as contribuições de Luka, estudante de jornalismo e militante do movimento feminista do PSOL-SP, Remom Bortolozzi, militantes do movimento LGBT de Curitiba, e Gislaine Indejejczak, estudante de direito e do PSOL de Ponta Grossa. A síntese do debate sobre cada mesa será elaborada e socializada em breve.
O segundo dia teve o objetivo debater e encaminhar a organização das mulheres do PSOL no estado, por meio de um resgate da história de militância da luta feminista no partido e da apresentação da militância atual nos núcleos de base e trabalho atual da secretaria de mulheres. Em síntese, encaminhou-se a construção de um Encontro Estadual de Mulheres do PSOL no Paraná, bem como a criação e consolidação do setorial de mulheres do partido no estado.
Segundo Jackeline Aristides, “esse encontro foi importante para o aprofundamento na discussão das pautas, e um passo importante na consolidação da luta feminista no partido”.

Fonte: site do PSOL Paraná

Sobre o autor

Foto de perfil de PSOL Nacional

Equipe da Secretaria de Comunicação Nacional